Por que o brasiliense compra orgânicos?
0

Busca pela saúde é principal motivação, seguida pelo desejo de cuidar do meio ambiente. O quarto motivo é pouco conhecido, mas muito importante.

Por Kelly Ikuma

Brasiliense e os orgânicos

Ter uma vida mais saudável e, ao mesmo tempo, cuidar do futuro do planeta. Esses são os motivos que mais levam as famílias do DF a consumirem alimentos orgânicos — produtos cultivados sem o uso de agrotóxicos ou adubos químicos. Os dados são de uma pesquisa* inédita realizada pela UBAIA — startup que utiliza a tecnologia para conectar o consumidor ao pequeno produtor rural.

Os benefícios dos orgânicos para a saúde são o principal motivo para a compra desse tipo de produto (75,8%) no DF. Em seguida, aparece o fato desses alimentos não conterem resíduos tóxicos, colaborando com a preservação do meio ambiente (67,7%). Por fim, os brasilienses se preocupam com a qualidade (46,6%) e o sabor (25,5%) dos mesmos.

Atualmente, cerca de 180 mil pessoas em Brasília optaram por fazer parte de um seleto grupo de consumidores que prioriza o consumo de produtos orgânicos, de acordo com a Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF). Dentre eles, encontra-se a publicitária Rebeca Borges, 31 anos.

Criada em uma geração em que refrigerante, sorvete e outras guloseimas faziam parte da rotina do lar, a preocupação com a saúde foi o motivo que impulsionou Rebeca a repensar nos itens que colocava em seu carrinho de mercado.

Era bem acima do peso até a adolescência, quando resolvi buscar uma alimentação mais saudável”, revela a profissional das ideias.

Ainda solteira, Rebeca tirou de seu cardápio refrigerantes, doces, frituras e carne vermelha, e passou a investir em frutas, legumes e verduras. Mas a mudança radical veio mesmo com a chegada de seu filho Benjamin, hoje com um ano de idade. “Agora, só compro orgânicos”, destaca. “A busca pelo melhor para ele me fez ter ainda mais consciência sobre o que colocava na mesa da minha casa”.

VIDA SUSTENTÁVEL

Já para a médica Cássia de Faria Polcheira, 35 anos, a mudança de comportamento alimentar veio bem antes da gestação. Para ela, o motivo que pesou foi a sustentabilidade.

Minha filha usa fraldas de pano, reaproveito a água da maquina de lavar para a descarga, evito comprar embalagens de plástico. O consumo de alimentos orgânicos segue esse conceito de preservação do meio ambiente”, explica.

A especialista na área da saúde alerta que o consumo sustentável, de uma maneira geral, agride menos o planeta, com a diminuição de gases e a consequente melhora do dia a dia da população. Além disso, de acordo com a médica, a qualidade sensorial — coloração, consistência, aroma e sabor característicos — e nutricional dos produtos orgânicos são fatores indispensáveis na hora da escolha do consumidor.

materia01

Apesar de tantos benefícios, a especialista alerta para alguns pontos que devem ser levados em consideração. De acordo com ela, mesmo sendo cultivados sem interferências químicas, os orgânicos não estão livres do contato com o lençol freático, que pode estar contaminado por microorganismos. “Por esse motivo, é sempre importante fazer uma higienização adequada no produto para evitar o risco de contaminação por bactérias e coliformes fecais. Assim como é feito com qualquer outro alimento vindo da terra”.

DESPERDÍCIO

Outro aspecto ressaltado por Cássia, mas ignorado pela maior parte da população, é a questão do desperdício. “Muitos deixam de comprar orgânicos pelo valor elevado, porém, levam uma quantidade irracional de outros produtos tradicionais por serem mais baratos”. A pergunta, segundo a médica, deveria ser: vale a pena comprar mais barato e jogar grande parte fora ou pagar um pouco mais caro e consumir tudo na íntegra, com o bônus de ser mais saudável?.

Comprar menos também é ser sustentável, e vai ter um momento em que o planeta não vai dar mais conta de acolher todo esse lixo”, conclui.

—-
* A pesquisa da UBAIA foi realizada com 186 consumidores de produtos orgânicos de onze regiões do Distrito Federal, incluindo Plano Piloto, Sudoeste, Águas Claras, Taguatinga, Guará e Sobradinho. O estudo foi realizado entre os meses de março e julho de 2016, com o apoio da AD&M Consultoria.

 

bg_header

POR QUE CONSUMIR ORGÂNICOS?

VANTAGENS
– Os alimentos são mais saudáveis, livres de agrotóxicos, hormônios e outros produtos químicos;
– Orgânicos são comprovadamente mais saborosos;
– Sua produção respeita o meio ambiente, evitando a contaminação de solo, água e vegetação;
– A produção usa sistemas de responsabilidade social, principalmente na valorização da mão-de-obra.

DESVANTAGEM:
– A única desvantagem é o preço. Por serem produzidos em menor escala e terem custos de produção mais altos, os orgânicos acabam custando um pouco a mais que os convencionais;
– É preciso ter cuidado para não comprar “gato por lebre”. Para ser orgânico, o produto precisa obrigatoriamente vir acompanhado de um selo especial, emitido por uma empresa certificadora autorizada. Se não vier tudo embaladinho e com selo, desconfie!

bg_header


Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

TOP

X
1
Olá, caso precise de ajuda, vou redirecioná-lo para o WhatsApp. Se estiver num computador irei redireciona-lo para o WhatsApp Web.
Powered by