Orgânicos: 6 benefícios imediatos para sua saúde
0

Dizer que alimentos orgânicos fazem bem para saúde já virou lugar comum. Mas você sabe, realmente, quais os benefícios de trocar hortaliças e legumes comuns pelas versões orgânicas? Confira a resposta agora: 

Por UBAIA

1. ORGÂNICOS SÃO MAIS NUTRITIVOS

Aqui vale a máxima das nossas avós: “nunca julgue o livro pela capa”. Apesar de serem algumas vezes menores que os produtos convencionais, os alimentos orgânicos são muito mais nutritivos. Estudos recentes mostraram que frutas orgânicas e vegetais contêm 27% mais de vitamina C, 21,1% mais de ferro, 29,3% mais de magnésio e 13,6% mais de fósforo. E para você não esquecer mais disso, basta dizer que aqueles tomatões vermelhos, do tamanho de uma maça, são o equivalente ao Sylvester Stalone (só que no mundo vegetal). Bombados de hormônio, grandões, mas com pouquíssimo conteúdo… Não é melhor pegar um tomate ao estilo Matheus Solano? Não tão grande, não tão malhado, mas com muito mais conteúdo? Pense nisso.

 

2. ELES NÃO ENVENENAM SEU CÉREBRO

eating-vegetablesPesticidas e herbicidas são venenosos. É simples assim. A sua função é envenenar as coisas. Os alimentos cultivados com o uso de pesticidas e herbicidas são, portanto, venenosos. Não se engane em acreditar que você pode eliminar todos os resíduos químicos lavando-os com água sanitária ou vinagre. Você não pode! O fato é que essas substâncias são absorvidas pelas raízes e ficam impregnados em cada pedaço do alimento. Vale destacar: quase todos os pesticidas prejudicam o sistema nervoso. Então, sempre que você come alimentos cultivados com agrotóxicos, você está comendo neurotoxinas e gradualmente envenenando seu sistema nervoso.

 

3. EVITAM QUE VOCÊ TENHA RESISTÊNCIA A ANTIBIÓTICOS

Você sabia que muitas das carnes não orgânicas chegam a sua casa com resíduo de antibióticos, dado aos animais para evitar que eles fiquem doentes? Esta dose extra (e involuntária) de antibióticos pode enfraquecer nosso sistema imunológico, que passa a ficar mais propenso a doenças infecciosas. Vale destacar: produtores de alimentos orgânicos NÃO usam antibióticos na criação de seus animais.

 

4. ORGÂNICOS PREVINEM O ENVELHECIMENTO PREMATURO

Estudos norte-americanos comprovam queseven-healthy-food-for-men os alimentos orgânicos, em geral, têm maior ação antioxidante. Motivo? Sem a interferência dos produtos químicos e metais pesados, as vitaminas, os minerais e os agentes antioxidantes conseguem atuar melhor no nosso organismo, prevenindo o envelhecimento prematuro e mau funcionamento cerebral. No que afetam a dieta-nossa-de-cada-dia, significa dizer que a simples troca para frutas, vegetais e cereais orgânicos equivaleria a acrescentar uma ou duas porções diárias desses alimentos. Os orgânicos apresentaram uma concentração entre 19% a 69% superior de antioxidantes, que vêm sendo ligados à redução dos riscos de doenças crônicas, como as cardiovasculares e as neurodegenerativas, além de alguns tipos de câncer.

 

5.  CARNES E LEITE ORGÂNICOS MELHORAM A SAÚDE DO CORAÇÃO

As carnes e os leites orgânicos têm maior quantidade de CLA (ácido linoleico conjugado), uma gordura saudável para o coração que pode aumentar a proteção cardiovascular, e é encontrado em quantidades maiores no leite materno e na carne para animais que foram criados livremente ou sem gaiolas.

 

6. ORGÂNICOS REDUZEM A PROPENSÃO À ALERGIAS ALIMENTARES

18762165Segundo o jornal científico da Faculdade Americana de Alergia Asma e Imunologia, um composto químico chamado diclorofenol, frequentemente utilizado em agrotóxicos e para clorar a água, pode estar associado à origem da alergia alimentar humana. O estudo revelou que altos níveis dessa substância encontrada em agrotóxicos pode aumentar a intolerância alimentar em determinadas pessoas causando alergia a alimentos. Este composto é amplamente utilizado por fazendeiros para controle de pragas e ervas daninhas,  além de ser vastamente utilizado para clorar a água de torneira. Segundo a Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (ASBAI), estima-se que as reações alimentares de causas alérgicas acometam entre 6 e 8% das crianças com menos de 3 anos de idade e de 2 a 3% dos adultos. Pesquisas recentes na União Europeia verificaram que o número de acometidos por esse mal chega a 5% da população mundial. No entanto, acredita-se que o número seja ainda maior levando-se em consideração os indivíduos ainda não diagnosticados oficialmente.

 

 

[noo_mailchimp title=”Cadastre-se” desc=”Receba as melhores notícias do mundo orgânico no seu e-mail”]

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

TOP

X
1
Olá, caso precise de ajuda, vou redirecioná-lo para o WhatsApp. Se estiver num computador irei redireciona-lo para o WhatsApp Web.
Powered by