Dá pra comprar orgânicos a preço justo?
0

Dá sim! Essa é a proposta de valor de uma startup de Brasília que promete transformar o mercado de orgânicos da capital do país

Seis em cada dez brasileiros deixam de consumir orgânicos por causa do preço do produto. Um problema que estava tirando o sono de Guaíra Flor, jornalista e sócia-fundadora da Ubaia Cestas de Saúde. Ela foi convencida a só comer orgânicos desde que o pai, de 71 anos, conseguiu estabilizar um câncer de próstata somente com alimentação saudável.

“Se a nutróloga e o oncologista do meu pai receitaram alimentos orgânicos e vitaminas para evitar que o tumor crescesse é porque esses alimentos fazem bem à saúde. Resolvi implementar essa mudança para toda a família, mas tinha muita dificuldade para encontrar os produtos e todos eles eram muito caros”, recorda. Foi então que ela decidiu criar uma startup para resolver o problema. Nascia então a UBAIA Cestas de Saúde, empresa que conseguiu financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa (FAP-DF) para criar uma plataforma para a comercialização de orgânicos certificados, a preço justo.

Esse modelo de negócios foi apresentado recentemente na maior aceleradora de negócios do Brasil, o Inovativa, e escolhido uma das 15 iniciativas de maior impacto socioambiental do Brasil. Ao democratizar o consumo dos orgânicos, a UBAIA promove 4 dos 17 objetivos globais de desenvolvimento sustentáveis da Organização das Nações Unidas (ONU):

gg-3goodhealth-portuguese

 

Objetivo 3: Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades

O consumo de orgânicos melhora a saúde das pessoas no curto, médio e longo prazos. Por serem livres de hormônios e resíduos tóxicos, esses alimentos promovem a melhora da função cerebral, reduzem a propensão a alergias alimentares, aumentam a sensação de bem estar e otimizam o funcionamento do organismo como um todo.

 

e_sdg_icons_notext-08Objetivo 8: Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos

A agricultura orgânica contribui na melhoria das condições de vida socioeconômicas das comunidades rurais, gerando emprego e renda aos que vivem longe das cidades. A UBAIA trabalha com 80 produtores orgânicos certificados do DF que encontraram na plataforma um novo canal para escoamento da produção. A operação na internet é mais segura para eles, pois inexiste o risco de desperdício de alimento. Motivo? Na venda online eles só precisam colher o que já foi vendido, sabendo por antecipação quanto irão ganhar. 

 

gg-12responsibleconsumption-portugueseObjetivo 12. Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis

A UBAIA previne o desperdício de alimentos nos dois extremos da cadeia produtiva dos orgânicos. Como na venda online só é preciso colher o que já foi vendido, inexiste o risco de os alimentos estragarem enquanto ficam expostos. Já o consumidor ganhará, em breve, um aplicativo criado pela UBAIA para ajudá-lo a conservar os produtos orgânicos adequadamente , avisando-o do melhor prazo para consumo e dando receitas para facilitar a sua vida

 

15

Objetivo 15. Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade

Um dos principais objetivos da agricultura orgânica é a minimização do impacto ao meio ambiente. As técnicas usadas no processo de produção respeitam o meio ambiente, ajudam a conservar os solos, preservam os mananciais de água, reduzem a poluição ambiente e ainda ajudam a preservar a biodiversidade — já que ausência de agrotóxicos auxiliam na preservação de pássaros, insetos e outros animais da região.

 

divisaoSOBRE A UBAIA

Lançada em dezembro de 2016, a UBAIA tem o compromisso de vender orgânicos a preço justo, levado mais saúde para quem compra e melhor remuneração para quem produz. Nos primeiros seis meses de atividade, a empresa conquistou 149 clientes e comercializou 349 cestas. Tudo isso apenas com divulgação boca-a-boca. A meta, agora, é investir em marketing para que mais pessoas descubram que é possível comprar orgânicos, a preço justo, na capital do Brasil.

divisao

[noo_mailchimp title=”Cadastre-se” desc=”Receba as melhores notícias do mundo orgânico no seu e-mail”]

 

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

TOP

X
1
Olá, caso precise de ajuda, vou redirecioná-lo para o WhatsApp. Se estiver num computador irei redireciona-lo para o WhatsApp Web.
Powered by